Acusado de matar Apoena Meirelles é preso

A polícia de Porto Velho (RO), prendeu nesta madrugada um suspeito de ter assassinado o sertanista Apoena Meirelles. É um adolescente de apenas 17 anos. Segundo informações divulgadas no programa Bom Dia Brasil, da TV Globo, a roupa que o jovem vestia na noite do crime e a bicicleta usada na fuga foram encontradas na casa do adolescente, que confirmou o crime. Ele disse que precisava de dinheiro e pegou emprestado um revólver para fazer o assalto. O adolescente será levado para o Juizado da Infância e Juventude, nesta manhã. O sertanista Apoena Meirelles foi assassinado no último sábado, em Rondônia, com dois tiros no abdômen. A funcionária da Funai, que estava com Apoena Meirelles, no momento do assalto, reconheceu o adolescente.A Polícia Civil de Rondônia também identificou dois envolvidos na receptação do celular roubado da funcionária da Funai. Clenice entregou ao assaltante o celular, documentos e R$ 50. Os dois acusados, João Paulo Galdino Batista, de 20 anos, e Cleiton do Espírito Santo Torres Rocha, de 23, que foram indiciados nesta manhã e depois liberados, porque escaparam do flagrante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.