Acusado de fraudar a Sudam recebe habeas-corpus

O empresário Alberto Coury Júnior, de Brasília, acusado de desviar dinheiro da Sudam e que estava preso desde a tarde de ontem, em Cuiabá, conseguiu esta madrugada um habeas-corpus e já está em liberdade. O benefício foi concedido pelo presidente do Tribunal Regional Federal de Mato Grosso, Tourinho Neto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.