Acusação de Serra sobre dossiê é 'desespero', diz Dutra

O presidente do PT, José Eduardo Dutra, reagiu com ironia às declarações do pré-candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, sobre um suposto dossiê que estaria sendo produzido contra ele, segundo denúncia da revista Veja. "O Serra infelizmente está indo pelo mesmo caminho do presidente do partido dele (Sérgio Guerra). O nome disso só pode ser desespero", afirmou Dutra, em Goiânia, referindo-se às últimas pesquisas de intenção de voto que mostram o aumento da preferência pela candidata do PT, Dilma Rousseff.

EUGÊNIA LOPES, Agência Estado

02 de junho de 2010 | 13h18

Dutra acompanha Dilma na capital goiana, que cumpre compromissos de pré-campanha. Hoje, em São Paulo, Serra atribuiu a existência de suposto dossiê à presidenciável petista, lembrando inclusive de dossiês que surgiram em eleições anteriores. Segundo reportagem publicada na última edição da revista Veja, um grupo dentro da campanha de Dilma teria articulado a produção de um dossiê para atingir José Serra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.