Acordos garantem ruas sem santinhos no interior de SP

Graças a acordos firmados entre os candidatos e o Ministério Público, as ruas e as calçadas de Ribeirão Preto (SP) e Franca (SP), no interior de São Paulo, amanheceram neste domingo sem o monte de papel que marcou o primeiro turno da eleição. Nas duas cidades, os termos assinados pelos partidos foram cumpridos e há poucos papéis nas ruas.

RENE MOREIRA, Agência Estado

28 de outubro de 2012 | 12h17

Em Ribeirão Preto foi feito na semana passada um acordo amigável com Dárcy Vera (PSD) e Duarte Nogueira (PSDB). Já em Franca o mesmo pacto foi assinado por representantes dos dois candidatos, Alexandre Ferreira (PSDB) e Graciela Ambrósio (PP). O TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) também teve o objetivo de evitar a sujeira. Até multa foi estipulada em caso de descumprimento do acordo. Para cada ponto de votação com santinhos, o partido infrator será penalizado em R$ 10 mil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.