Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Acordo reduz preço do asfalto para rodovias federais

O ministro dos Transportes, Anderson Adauto, e a Petrobras assinaram um contrato que vai reduzir em 57% o preço de mercado do asfalto para recuperação de rodovias federais. A compra de asfalto diretamente da Petrobras resultará, segundo o ministério, em uma economia de 12% no valor dos contratos com as construtoras.A informação foi divulgada, em nota, pela assessoria do ministério. O custo da tonelada de material, segundo a nota, será reduzido de R$ 1.1700,00 preço de mercado, para R$ 590,00, que é o preço do contrato com a Petrobras. O contrato, assinado ontem, tem validade de seis meses, podendo ser renovado, e prevê o fornecimento de 200 mil toneladas do produto. Para receber o betume, segundo o ministério, as empresas que possuem contrato de obra em andamento devem preencher um formulário nas unidades do Departamento Nacional de Infra-Estrutura (DNIT) nos Estados, solicitando o material para o mês seguinte. Os requerimentos devem ser entregues até o dia 20 de cada mês. As requisições serão encaminhadas ao DNIT em Brasília, que emitirá um aval para que a Petrobras possa liberar o asfalto. As empresas poderão retirar o material junto à usina da Petrobras mais próxima ao local de execução da obra.

Agencia Estado,

11 de julho de 2003 | 19h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.