ACM pode não comparecer ao depoimento no Senado

O senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA) não deverá comparecer à Comissão de Ética do Senado para prestar depoimento sobre as acusações de envolvimento no grampo telefônico da Bahia. O PFL está pensando em aconselhar o senador a não comparecer. A assessoria de ACM, que durante a manhã tinha informações do próprio senador de que compareceria ao depoimento, informou que ele já não dá mais essa certeza. A expectativa, portanto, é do senador não comparecer à comissão.Veja o índice de notícias sobre o grampo na Bahia

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.