ACM: PFL aceita aumentar poder das MPs

O presidente do Senado, Antônio Carlos Magalhães, disse que, se o governo decidir colocar em discussão a proposta de emenda constitucional que limita a edição de medidas provisórias, o PFL vai votar a favor do governo pela derrubada do artigo que proíbe a regulamentação, por meio de MPs, de emendas constitucionais já promulgadas. O senador lembrou, no entanto, que a decisão de colocar ou não a PEC em votação cabe ao presidente da Câmara, Michel Temer. "Cada um com a sua aflição", disse ACM.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.