ACM pede nova auditoria na Sudam

O senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA) pediu hoje uma nova auditoria na Sudam por conta de novas denúncias de irregularidades divulgadas neste fim de semana, envolvendo o presidente do Senado, Jáder Barbalho (PMDB-PA). Segundo ele, a auditoria já divulgada foi feita por amostragem e não chegou a "pegar os tubarões". "É isso que a Nação quer: saber quanto foi o prejuízo da Sudam", afirmou. Indagado sobre a possibilidade de Jáder Barbalho encontrar-se em uma posição delicada na presidência do Senado, em função de novas denúncias envolvendo seu nome, o senador ressaltou: "Não posso falar pelo Congresso Nacional, mas, se estivesse na posição dele, estaria incomodado". Em relação ao DNER, órgão também alvo de denúncias de irregularidades, ACM afirmou: "Acabou o DNER, mas é preciso ter cuidado com os novos que serão colocadas nas agências reguladoras. Se não, vai continuar a mesma coisa?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.