ACM Neto diz que oposição não dará apoio a nova CPMF

O deputado Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), provável líder do partido na Câmara, a partir de março, afirmou hoje que a oposição "não vai apoiar de jeito nenhum" a recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). "Nada que signifique aumento de imposto terá nosso apoio", afirmou. ACM Neto defendeu o corte de gastos pelo governo para remanejar recursos à área da saúde. "A discussão tem de ser onde cortar gastos, como o número dos cargos de confiança, de ministérios, e cortes nas emendas de bancada apresentadas ao Orçamento", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.