ACM nega acordo com Jader

O senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) disse hoje, ao chegar ao Congresso, que não fez nenhum acordo com o presidente do Senado, Jáder Barbalho (PMDB-PA), com o objetivo de preservar o mandato de ambos. ACM negou também que tivesse falado por telefone com Barbalho. O senador baiano disse que não fala com Barbalho há mais de um ano, desde que foi acirrada a disputa política entre os dois. "Isso não existe. Nunca foi tratado. É mais uma invenção da imprensa para prejudicar o julgamento (dos senadores no Conselho de Ética", afirmou. ACM disse ainda que a sua expectativa para a acareação é de que prevaleça a verdade. Sobre o discurso de Fernando Henrique Cardoso hoje, que mencionou o fim das oligarquias, ACM limitou-se a responder: "Não creio que seja comigo".Segundo ACM, o presidente sempre elogiou a Bahia, que, segundo ele, fez a reforma fiscal antes do governo federal. "O presidente deve se preocupar mais com a CPI", disse ACM.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.