ACM não cumprimenta Barbalho

O presidente do Senado, Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA), não cumprimentou o presidente eleito do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), no ato de transmissão do cargo. Ele simplesmente abandonou a mesa, sendo substituído por Barbalho. ACM encerrou seu discurso de despedida, dizendo que "o Brasil e o Senado não merecem trilhar caminhos de penumbra, conduzidos por mãos de homens desacreditados". Ele afirmou que não desonrou seu nome no exercício do mandato: "Servi, na presidência do Senado, com a mesma dignidade e honradez com que tenho pautado minha conduta na defesa única e exclusivamente dos interesses da Bahia e do Brasil".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.