ACM manda preparar cédulas da votação

O presidente do Senado, Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA, suspendeu há pouco a sessão preparatória para a eleição dos novos membros da Mesa para um mandato de dois anos, para que sejam impressas as 81 cédulas que serão usadas na votação para a presidência do Senado. Conforme previsto, apresentaram-se formalmente como candidatos à presidência da casa, no início da sessão, os senadores Jader Barbalho, pelo PMDB, Jefferson Peres, pelo PDT, e Arlindo Porto, pelo PTB. O líder do PFL, Hugo Napoleão (PI), anunciou, antes disso, que o candidato apoiado pelo PFL é Arlindo Porto. O presidente do Senado explicou que não será permitida declaração de voto e informou que, após o anúncio do resultado, os envelopes e as cédulas usados na votação serão destruídos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.