ACM faz campanha na TV da Igreja Universal

O ex-senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) reapareceu hoje na televisão, em Salvador, ratificando a aliança com a Igreja Universal do Reino de Deus para as próximas eleições. Ele deu uma longa entrevista, ao vivo, ao programa apresentado pelo bispo Paulo Rodrigues, e transmitido pela TV Itapoan (afiliada da Record).Vários telespectadores conseguiram falar por telefone, ao vivo, com ACM, a maioria para o elogiar. Ele defendeu a distribuição mais justa de renda, a reforma agrária e programas sociais, visando a diminuir os índices de miséria do Brasil e atacou o presidente Fernando Henrique Cardoso e presidente licenciado do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA).Os dois, segundo ACM, tramaram para "forçarem" a renúncia dele. Conforme AMC, Fernando Henrique está sem dar opinião contra ou a favor sobre o caso Jader. O destino do peemedebista, para Magalhães, deve ser a cadeia. "Assim que perder a imunidade parlamentar, precisa devolver tudo que roubou", acusou.Magalhães disse que prefere se candidatar ao Senado em 2002, até para "recuperar a imagem da Casa", mas revelou que somente tomará uma decisão após a realização de pesquisas de opinião com o eleitorado baiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.