ACM era um congressista experiente,diz Gabeira

Apesar das divergências políticas, deputado do PV diz que morte de ACM é 'perda para o País'

20 de julho de 2007 | 17h18

Embora ressalte as divergências políticas, o deputado Fernando Gabeira (PV-RJ) lamentou nesta manhã, 20, a morte do senador Antônio Carlos Magalhães (DEM-BA). "Eu lamento a perda, não só para a Bahia, de um congressista experiente. Sempre tive boas relações com ele, apesar das divergências políticas. Pensei em visitá-lo em São Paulo, mas estava muito envolvido com esse caso do Renan (Calheiros).   Veja também: Morre o senador Antonio Carlos Magalhães No vídeo mais acessado no YouTube, ACM defende ditadura Frases do senador Site oficial do senador Galeria de Fotos  ACM visita o Estado de S. Paulo    A experiência não é algo que falta no Congresso, há outros parlamentares experientes. O que falta no Congresso são pessoas que rompam com o corporativismo. E ACM não rompeu. Mas, apesar das divergências, tenho muito respeito por ele", disse Gabeira ao Estado, por telefone, de Paris.   ACM morreu nesta sexta-feira, 20, às 11h40 no Incor-SP por falência múltipla dos órgãos, após o agravamento do seu estado de saúde durante essa madrugada, quando sofreu uma parada cardíaca. Ele estava internado no hospital há 37 dias, desde 13 de junho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.