ACM diz que vai desmoralizar fita "montada" por IstoÉ

O senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA) minimizou os efeitos do aparecimento da fita que contém trechos da conversa ocorrida entre ele e procuradores da República. A edição da IstoÉ desta semana informa que uma cópia da fita está com o perito Ricardo Molina e reproduz trechos da fita divulgados na semana passada, contendo agora um pouco mais de diálogos e algumas correções em relação à versão anterior. "A IstoÉ fez uma montagem de pouca categoria, e, consequentemente, não tem valor; vou desmoralizá-la", afirmou há pouco por telefone o senador, que continua em Miami. Ele disse que tem como provar que a fita foi montada. "Juntaram coisas diferentes, desconexas, juntadas para a IstoÉ não ficar desmoralizada", afirmou Magalhães.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.