ACM diz que aceita CPI nos termos de Jader

O senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) dissehá pouco, ao chegar ao Senado, que aceita a criação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) nos moldes propostos pelo presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), para investigar não apenas as irregularidades no Banco do Estado do Pará (Banpará), denunciadas por ACM, mas também denúncias contra o senador baiano. "É esta CPI que eu quero", afirmou Magalhães. Quanto à auditoria sobre as declarações de renda de Jader Barbalho feita pela Boucinhas & Campos Auditores Independentes, segundo a qual o crescimento do patrimônio de Barbalho nos últimos dez anos é compatível com seus rendimentos declarados, ACM ironizou o fato de o levantamento ter sido feito por uma empresa privada."Eu já passei dessa idade", comentou o senador, dizendo que este assunto deveria ser investigado pela CPI defendida por ambos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.