ACM diz não acreditar em recado de FHC ao PFL

O presidente do Senado, Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), disse há pouco, ao chegar ao Senado, que não acredita que o presidente Fernando Henrique Cardoso tenha dado um recado ao PFL para que suspenda negociações com o PT, sob o risco de perder os cargos no governo. "Não creio que ele tenha dito isso. Se dissesse isso a mim teria a resposta", reagiu ACM.O senador disse que é "simpático" a um acordo entre o PFL e o PT para o apoio mútuo às candidaturas do senador Jefferson Peres (PDT-AM) à presidencia do Senado e do deputado Inocêncio Oliveira (PFL-PE) à presidência da Câmara. Mas o senador não deu importância a aliança ocorrida na sessão de ontem do Congresso entre o PT e o PFL, que resultou na rejeição de uma medida provisória do governo. "O plenário é independente; sempre foi a vida inteira e (isso) sempre aconteceu".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.