ACM diz na TV que presidente traiu Covas

O ex-senador Antonio Carlos Magalhães revelou que o PFL só apoiou a candidatura de Paulo Maluf ao governo de São Paulo, em 1998, contra Mário Covas, a pedido do presidente Fernando Henrique Cardoso. A denúncia foi feita ontem à noite durante entrevista ao vivo para o programa Passando a Limpo, da TV Record. "Chegou o dia de fazer esta revelação. Eu não falaria normalmente... Mas eu vou ser franco: quem fez o PFL apoiar Maluf, e contra Covas, foi o presidente Fernando Henrique Cardoso. Ele falou isso, não só comigo, mas com Jorge Bornhausen, e também ajudou a situação da prefeitura de São Paulo, que era gravíssima, e ainda é, na ocasião de Pitta, para facilitar a candidatura Maluf.", afirmou ACM. "Foi uma jogada inteligente, pode não ter sido ética, porque ele teve os votos do Covas e teve os votos do Maluf", revelou o ex-senador pefelista referindo-se à reeleição à Presidência. Antonio Carlos Magalhães lembrou que Fernando Henrique Cardoso declarou-se, ao final, pró-Covas e mandou que todo o PFL, tendo à frente o presidente Bornhausen, fosse apoiar Paulo Maluf".ACM também falou, durante a entrevista, sobre uma nova aliança entre o PSDB e o PFL, que apoiaria a candidatura do governador Tasso Jereissati e descartou o apoio ao ministro José Serra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.