ACM cobra relatório do BC sobre Jáder

O senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) afirmou hoje que o presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), tem a obrigação de autorizar a divulgação do relatório do Banco Central sobre denúncias de envolvimento de Jader no desvio de recursos do Bando do Estado do Pará (Banpara) quando foi governador do Estado. O presidente do BC, Armínio Fraga, em resposta a críticas de Magalhães sobre o silêncio do banco a respeito do relatório, disse que só pode divulgar as informações por ordem da Justiça, de uma CPI ou da pessoa envolvida - no caso, Barbalho. "O Jader Barbalho está na obrigação moral de dizer ao Banco Central que pode mostrar o relatório ao povo brasileiro", cobrou Magalhães. Ele informou que conversará com seus colegas para informar-se dos fatos políticos, pois esteve fora do País (em Miami), e antecipou que deverá fazer um discurso esta semana sobre os acontecimentos mais recentes. O senador baiano disse que não decidiu ainda se apresentará hoje, em plenário, os "elementos" que afirma possuir, ou se os revelará na reunião da Comissão Executiva Nacional do PFL, marcada para o dia 8 próximo. "Onde for necessário, eu falo", disse ACM.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.