ACM baixará o tom contra o governo

O senador Antônio Carlos Magalhães participa da reunião da Executiva Nacional do PFL que vai definir a nova linha partidária, a partir da derrota nas eleições às presidências da Câmara e do Senado. Segundo aliados do senador, ele deverá fazer um discurso contra o alinhamento do PFL ao governo e a favor da independência do partido, mas deverá baixar o tom de suas críticas ao Palácio do Planalto. Isso, segundo seus aliados, foi decidido ontem à noite em uma reunião na residência do vice-presidente Marco Maciel, entre ACM, o presidente do partido Jorge Bornhausen, e Maciel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.