ACM acha que Porto é um nome de peso

O presidente do Senado, Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA), disse hoje que o senador Arlindo Porto (PTB-MG), indicado pelo PFL para disputar a presidência do Senado, é um nome que une o partido. "Acho que ele tem peso", comentou. Para o senador, o PFL "aceitou com muita alegria o nome de Arlindo Porto".O presidente do Senado disse ainda que não prevê problemas na transmissão do cargo e garantiu que a fará mesmo se o vitorioso for o seu "adversário" Jader Barbalho (PMDB-PA). "Passaria (o cargo) e no outro dia daria início ao meu combate", disse. Apesar do discurso otimista de ACM, o PFL ainda não conseguiu a unanimidade em tornou do nome de Arlindo Porto. O senador Bernardo Cabral (PFL-AM) disse que votará no candidato se o partido fechar questão, mas caso isto não ocorra, pretende votar no candidato das oposições, seu conterrâneo Jefferson Peres (PDT-AM). Ele disse que não é o único na legenda que tem dificuldades em não votar em Peres.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.