ACM: "a insensatez não chega a esse ponto"

O presidente do Senado, Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), disse há pouco, ao chegar no Congresso, que não acredita que algum senador apresente questão de ordem para tentar impedi-lo de presidir a sessão que irá eleger seu sucessor. "A insensatez não chega a esse ponto", disse ACM que foi direto para o plenário do Senado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.