Acidentes de trabalho dão prejuízo de R$ 20 bilhões ao ano

O governo e as empresas gastam cerca de R$ 20 bilhões por ano por causa dos acidentes de trabalho, segundo estimativa do secretário de Previdência Social, Vinícius Carvalho Pinheiro. Só na Previdência Social a despesa com o pagamento de benefícios acidentários passou de R$ 983,08 milhões em 1995 para R$ 2,1 bilhões no ano passado.Preocupado com o aumento da despesa, a Previdência encomendou um levantamento sobre as máquinas causadoras de acidentes de trabalho em uso pelas pequenas e médias empresas. A maior parte dos acidentes de trabalho, que em 1999 atingiram 378.365 trabalhadores, dos quais 3.605 resultaram em morte, teve como causa a utilização de máquinas obsoletas e inseguras."Muitas empresas, com o objetivo de reduzir custos, adquirem máquinas de segunda mão, sem as mínimas condições de segurança para o trabalhador", disse Carvalho. Carvalho defende que o governo adote medidas enérgicas contra a utilização das "máquinas mortíferas".A Previdência encaminhará o estudo para a fiscalização do Ministério do Trabalho, Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador e BNDES, que financia a aquisição de máquinas e equipamentos.De acordo com o estudo, o primeiro lugar no ranking das máquinas que mais causam acidentes cabe às prensas. Essas máquinas foram responsáveis por 42% dos casos de esmagamento de dedos ou mãos registrados em 1995 e por 25% de todos os acidentes graves causados por máquinas no mesmo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.