Acidente provoca mais um desastre ambiental na Serra do Mar

Mais um vazamento de óleo atingiu a Serra do Mar, na descida para o litoral paranaense, na tarde de hoje. Dois caminhões, um carregado com óleo de navio e o outro com farelo de soja, bateram na BR-277, nas proximidades do Viaduto dos Padres. Aproximadamente 27 mil litros de óleo foram derramados. A pista, nos dois sentidos, foi interditada por volta das 14 horas e permanecia fechada até o início da noite.O óleo espalhou-se nas duas pistas da rodovia e o próprio farelo de soja foi usado inicialmente como absorvente, sendo estendido na BR. Mas não foi o suficiente. De acordo com o diretor do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), José Luiz Bolicenha, parte do óleo escorreu da pista para a mata e a flora já tinha sido afetada. O óleo chegou ao Rio dos Pintos e o instituto colocou barreiras para evitar que ele continue descendo e prejudique ainda mais o meio ambiente. Ele deságua no Rio Nhundiaquara, o principal do litoral.Equipes do IAP foram deslocadas para a região, a fim de fazer uma melhor análise do desastre. Os motoristas do caminhão sofreram apenas ferimentos leves. Há menos de um mês, 5 mil litros do mesmo combustível já tinha sido derramado atingindo o mesmo rio. Este foi o terceiro acidente com óleo somente este ano na Serra do Mar. "A região é de difícil acesso e vai levar alguns dias para a limpeza", disse Bolicenha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.