Acareação entre Okamoto e Venceslau será na terça

O presidente da CPI dos Bingos, senador Efraim Moraes (PFL-PB), remarcou para terça-feira a acareação entre o ex-caixa de campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e atual presidente do Sebrae, Paulo Okamoto, com o ex-secretário de Finanças da prefeitura de São José dos Campos, Paulo de Tarso Venceslau. Efraim lembrou que a acareação, marcada para hoje, foi suspensa por decisão do ministro Eros Grau, do Supremo Tribunal Federal (STF), que entendeu que o requerimento de convocação de Okamoto fugia do tema central da CPI e alegou que, em vez de acareação, a CPI marcara apenas depoimento.Para o senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), uma palavra errada não é crime passível de suspensão de uma acareação. O senador sugeriu a Efraim que vá pessoalmente levar a Eros Grau as explicações sobre a necessidade de a CPI realizar a acareação entre Okamoto e Venceslau. Efraim disse que concorda com a sugestão. "É um prazer procurarmos o ministro pessoalmente, mostrando o quanto é importante essa acareação para a CPI", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.