Ação tenta anular indicação de Luiz Otávio para o TCU

O futuro do senador Luiz Otávio Oliveira Campos (PMDB-PA), como ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), corre o risco de não se concretizar. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Ministério Público Federal (MPF)protocolaram uma ação civil pública na 21ª Vara Federal de Brasília pedindo a anulação do processo de indicação para o TCU doparlamentar sob o argumento de que ele não tem reputação ilibada, que é um requisito previsto na Constituição para ocupar ocargo. Na ação, a OAB e o MPF pedem que o juiz conceda uma liminar para que a União não faça a nomeação do senador para oTCU. O presidente nacional da OAB, Roberto Busato, disse que Luiz Otávio não tem reputação ilibada porque responde a umaação penal no Supremo Tribunal Federal (STF) na qual é acusado de desviar recursos liberados pelo Banco Nacional deDesenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a construção de balsas no Pará.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.