Após 1 ano e 5 meses, Supremo proíbe doações eleitorais de empresas

Por 8 votos a 3, ministros decidiram que é inconstitucional o repasse de empresas privadas para partidos políticos e candidatos

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.