Ação contra Protógenes Queiroz será enviada para o STF

A ação penal que condenou em primeiro grau Protógenes Queiroz e Amadeu Ranieri Bellomusto, que estava sendo julgada na 7ª Vara Federal Criminal, em São Paulo, seguirá para o Supremo Tribunal Federal (STF), para análise e julgamento do recurso pedido pelos advogados de defesa.

Pedro da Rocha, do Estadão.com.br

14 de janeiro de 2011 | 19h39

A decisão de enviar o processo ao STF foi tomada pelo juiz federal Ali Mazloum, por Protógenes Queiroz ter sido eleito deputado federal nas eleições de 2010 e diplomado. Segundo o primeiro parágrafo do artigo 53 da Constituição Federal, "os deputados e senadores, desde a expedição do diploma, serão submetidos a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal".

Tudo o que sabemos sobre:
açãoProtógenes QueirozSTF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.