Ação civil proíbe símbolos religiosos

A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão em São Paulo ajuizou ação civil pública com pedido de liminar para obrigar a retirada de símbolos religiosos de locais de ampla visibilidade e de atendimento ao público em repartições públicas federais no Estado. O prazo para a retirada é de até 120 dias a contar do dia 31 de julho. O procurador Jefferson Dias, autor da ação, diz que cabe ao Estado proteger as manifestações religiosas sem tomar partido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.