Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Acabe com o mosquito da dengue e ganhe R$ 200 em Sorocaba

A prefeitura de Sorocaba, a 92 quilômetros de São Paulo, vai recompensar financeiramente os moradores que se empenharem no combate ao mosquito transmissor da dengue e da febreamarela. Os prêmios, de R$ 200,00, serão distribuídos a famílias sorteadas em cujas residências não forem encontrados criadouros do inseto. Os vizinhos de ambos os lados receberão R$ 100,00 cada se também não tiverem criadouros.Os sorteios serão realizados semanalmente em todas as regiões e para concorrer o morador terá de preencher um cupom, depositando em urnas espalhadas pela cidade. O objetivo da campanha, lançada nesta segunda-feira, é reduzir o risco de uma epidemia da dengue. Com a chegada do verão, a proliferação domosquito Aedes aegypti é maior. No ano passado, Sorocaba teve 63 casos confirmados da doença, mas em apenas um o paciente contaminou-se na cidade. Não houve casos de febre amarela. A campanha faz parte do programa municipal de combate à dengue, que mobiliza 100 agentes sanitários. Eles visitam cerca de 18 mil domicílios por mês. Durante o ano de 2002, foraminspecionados 223 mil domicílios. A premiação vai ocorrer até o fim de maio. A Secretaria Municipal de Saúde conseguiu patrocínio de empresas para a campanha. As casas sorteadas serão vistoriadas pelos agentes em busca de possíveis criadouros, como vasos com água, caixas domiciliares abertas, pneus e bebedouros de animais. O prefeito Renato Amary (PSDB) considera que o prêmio vai estimular a prevenção. Em contrapartida, quem não participapode ser multado. Uma lei municipal prevê multa de até R$ 120,00 para o proprietário de imóvel onde forem encontrados, pela segunda vez, focos do mosquito. Desde que a lei foi criada, no ano passado, foram aplicadas 80 multas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.