Acaba prazo para Brasil investigar terroristas

O prazo para que as instituições financeiras brasileiras entregassem os relatórios sobre supostas movimentações financeiras feitas no País por 21 suspeitos de participarem do atentado do dia 11, nos Estados Unidos, encerrou-se nesta sexta-feira, mas, até as 19 horas, o Banco Central (BC) ainda não havia contabilizado os resultados."Possivelmente, isso só será feito a partir da próxima semana", informou a assessoria de imprensa do BC, no início da noite.A lista foi montada pelo governo norte-americano e enviada ao Brasil na semana seguinte ao atentado. O governo brasileiro determinou ao BC a realização da devassa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.