Abril Vermelho do MST em PE deve ter início domingo

Abril Vermelho do MST em PE deve ter início domingo

As primeiras ocupações de terra previstas para o Abril Vermelho 2010, em Pernambuco, devem ter início no domingo, estendendo-se até pelo menos o dia 23. O ápice da mobilização, que este ano se propõe "radicalizada", de acordo com o líder regional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Jaime Amorim, será no dia 17, quando acampados e assentados ligados ao movimento prometem acampar no pátio externo da sede da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), no Recife, por tempo indeterminado.

ANGELA LACERDA, Agência Estado

09 de abril de 2010 | 17h02

O local foi escolhido por uma questão logística. "Fica perto da entrada da cidade, facilita as ações previstas para a capital", afirma Amorim, ao antecipar que, a partir da Chesf, os manifestantes pretendem fazer ocupações de órgãos estaduais de agências do Banco do Nordeste e Caixa Econômica e da sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), no Recife. Além de ocupações de terra, no interior também estão previstas ocupações de sedes de algumas prefeituras. Não foram divulgadas quais prefeituras.

A mobilização, que se anuncia mais forte que em anos anteriores, é a reação a uma "pauta represada" por reforma agrária, observa o líder regional. "No ano passado, apenas 70 famílias foram assentadas em todo o Estado de Pernambuco", afirma. "A situação é desastrosa."

Tudo o que sabemos sobre:
reforma agráriaMSTAbril VermelhoPE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.