Abertura da Bovespa testa confiança do investidor no Brasil, diz 'Financial Times'

Diário financeiro ressalta que volume de negócios na bolsa paulista tem dado saltos.

BBC Brasil, BBC

24 de outubro de 2007 | 08h00

A abertura de capital da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) será o "primeiro grande teste da confiança de investidores no mercado acionário brasileiro", afirma nesta quarta-feira o diário financeiro Financial Times.O jornal britânico de grande circulação nos meios econômicos dedica uma reportagem à oferta inicial de ações da própria Bovespa, na sexta-feira, 26. Nesta quarta, a bolsa deve divulgar o valor dos papéis, em nome da Bovespa Holding S.A."A oferta será a primeira de uma bolsa latino-americana, e a primeira de três operações deste tipo no futuro próximo", diz o jornal. As outras são da Bolsa mexicana e da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F).A reportagem afirma que as cerca de 250 milhões de ações emitidas devem ser oferecidas por um valor próximo dos R$ 18,50 - o que permitiria à Bovespa arrecadar cerca de R$ 4,6 bilhões no processo. Mas este preço já foi revisto e as estimativas já chegam a R$ 6 bilhões.Citado na reportagem do FT, o analista do WestLB Roberto Padovani diz que a oferta da Bovespa Holding S.A. será "o verdadeiro teste" para a confiança dos investidores no mercado brasileiro de ações.A Bovespa é o principal mercado acionário da América latina, concentrando 70% do volume de negócios da região. De acordo com o FT, o valor das empresas listadas na bolsa paulista superou R$ 2 trilhões em setembro, e o giro diário chegou a R$ 6,8 bilhões neste mês, comparado com uma média de R$ 2,4 bilhões por dia em 2006.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.