A pedido do MP, Senado publica exonerações no D.O.U.

É a primeira vez, nos últimos 20 anos, que a Casa toma iniciativa; antes, informações saíam no boletim interno

LEANDRO COLON, Agencia Estado

02 de julho de 2009 | 12h22

O Senado publicou nesta quinta-feira, 2, no "Diário Oficial da União" (D.O.U.) nomeações e exonerações de funcionários de confiança. É a primeira vez, nos últimos 20 anos, que a Casa toma essa iniciativa. A divulgação é resultado da revelação feita por reportagens do jornal O Estado de S. Paulo da existência de atos secretos na Casa. O Senado obedece à recomendação feita na semana passada pelo Ministério Público Federal (MPF) para que as movimentações de pessoal fossem publicadas no Diário Oficial.

 

Veja também:

especialESPECIAL MULTIMÍDIA: Entenda os atos secretos e confira as análises

lista Confira a lista dos 663 atos secretos do Senado

documento Leia a íntegra da defesa do presidente do Senado

lista O ESTADO DE S. PAULO: Senado acumula mais de 300 atos secretos

lista O ESTADO DE S. PAULO: Neto de Sarney agencia crédito no Senado 

Até então essas informações saíam apenas no Boletim Administrativo do Senado. Já os atos secretos não seguiam nem esse ritual. No "Diário Oficial da União" desta quinta, foram publicadas dez exonerações e cinco nomeações. Uma demissão se refere ao gabinete do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP): Rodrigo Silva Buzar, assistente parlamentar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.