José Patrício/AE
José Patrício/AE

A militantes, Serra defende parceria entre prefeitura e Estado

Em discurso campanha pelas prévias tucanas, no próximo dia 25, ex-governador conversou com integrantes do partido e evitou falar sobre formação da chapa

Wladimir D'Andrade, da Agência Estado

10 de março de 2012 | 14h34

O pré-candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo José Serra afirmou neste sábado, 10, que sua campanha, caso vença as prévias do partido no dia 25 de março, deve transmitir aos eleitores a importância de uma parceria entre a administração municipal e o governo do Estado. Atualmente, ambos são comandados por aliados do ex-governador José Serra - no governo do Estado está Geraldo Alckmin, também do PSDB, e na prefeitura Gilberto Kassab, do PSD, que assumiu a cargo a primeira vez após saída de Serra.

Em discurso à militância do PSDB na zona leste da cidade, Serra afirmou que sua campanha vai defender a ampliação de parcerias entre o governo do Estado e a prefeitura. "O grande aliado para obras da prefeitura é o governo do Estado", discursou. "Temos que saber na campanha transmitir isso."

Após o evento realizado no auditório da Universidade Cruzeiro do Sul, na zona leste, Serra citou em entrevista três temas que devem ser suas principais bandeiras da campanha à prefeitura: Educação, Saúde e Transporte. "Existem três áreas essenciais para a cidade de São Paulo. Do ponto de vista social, é a Saúde e a Educação. Do ponto de vista material, é o Transporte", afirmou.

O pré-candidato, no entanto, disse ainda ser muito cedo para detalhes do programa de governo. Também é prematuro na opinião de Serra falar em um nome para compor sua chapa na eleição de outubro. Segundo ele, a escolha do candidato a vice-prefeito será feita em maio ou junho. "A questão do vice será vista mais adiante. Temos bons nomes de vários partidos, mas só vamos ver isso em maio ou junho."

O encontro com a militância do PSDB contou ainda com a presença de vereadores, deputados estaduais, federais e dirigentes regionais do partido. Dois membros do partido que desistiram da disputa e deram apoio a Serra também estavam no local: o secretário estadual de Meio Ambiente, Bruno Covas, e o secretário estadual de Cultura, Andrea Matarazzo.

Tudo o que sabemos sobre:
SerraPSDBeleiçãoSPcampanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.