'A Justiça começa a se fazer', diz FHC sobre o mensalão

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou, nesta segunda-feira, 18, os condenados do mensalão, durante ato do PSDB em Poços de Caldas (MG). "Hoje vejo que a Justiça começa a se fazer. Aqueles que foram alcançados por ela tentaram transformar a Justiça num instrumento de sua própria história de uma revolução que não fizeram e, em nome de ideais que não cumpriram, querem descumprir a Constituição", afirmou, sem citar nomes nem mesmo a prisão de lideranças do partido adversário.

GUSTAVO PORTO E JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

18 de novembro de 2013 | 15h25

O ex-presidente continuou os ataques dizendo que "aqueles que hoje exercem o papel maior da República não souberam honrar a confiança que o povo depositou, transformaram-se em negocistas e em nome de transformar o Brasil, transformam suas próprias vidas". ( - gustavo.porto@estadao.com e José Maria Tomazela - jose.tomazela@estadao.com, enviados especiais)

Tudo o que sabemos sobre:
PSDBPoços de CaldasFHC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.