Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

65,5% dos migrantes não completaram o ensino fundamental

Uma pesquisa do IBGE, divulgada nesta sexta-feira, revela o perfil do migrante, com base no estudo dos 5,2 milhões de brasileiros que chegaram ou saíram de seus Estados no período entre 1995 e 2000. Segundo o estudo, 65,5% não completaram o ensino fundamental (antigo primeiro grau), sendo que 14,7% não têm instrução e 19,4% são chamados analfabetos funcionais (têm menos de três anos de estudos). São também muito pobres: 43% disseram não ter rendimento e apenas 2,1% tinham renda mensal de mais de 20 salários mínimos. Eles têm 27,5 anos de idade em média, são homens e em geral estão saindo no Nordeste e chegando ao Sudeste, apesar da diminuição do fluxo de correntes para regiões mais ricas. Os nordestinos deixam sua região com a idade média de 25,3 anos. Segundo o pesquisador do IBGE Fernando Albuquerque, em geral a trajetória do migrande é de sair ainda jovem da terra natal, formar família e ter filhos no Estado que escolheu para morar e, desiludido com a falta de oportunidade, voltar alguns anos mais tarde, com as crianças. ?O retorno por insucesso é um movimento cada vez maior?, diz Albuquerque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.