54% das crianças aprovam controle de programação

Pesquisa realizada pelo suplemento Estadinho sobre a possibilidade de instalação de um chip nos aparelhos de TV e rádio para bloquear os programas considerados impróprios revelou que 54,14% são a favor e 45,86% são contra. A pesquisa perguntou também se as crianças acham que seus pais colocariam o chip em suas Tvs. O resultado também foi equilibrado: 52,35% acham que sim e 47,65% pensam que não.A partir de 2002, o chip poderá ser a arma dos pais para controlar a programação assistida pelos filhos. O ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga, anunciou a novidade que faz parte do projeto de lei de radiodifusão. A novidade tecnológica também estará à venda em algumas lojas. O ministro pediu a opinião das pessoas sobre o chip. Sugestões podem ser enviadas pela Internet no site www.mc.gov.br.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.