48% acham a reforma tributária importante, diz CNI/Ibope

Resultado teria sido influenciada pela idéia de que projeto fará economia crescer, segundo pesquisa

da Redação

27 de março de 2008 | 15h24

A reforma tributária é considerada muito importante por 35% dos entrevistados, enquanto 47% disseram considerá-la importante, segundo pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira, 27. Essa avaliação foi influenciada, segundo a pesquisa, pela convicção de que a reforma tributária aumentará o crescimento econômico (para 32% dos entrevistados) e gerará mais empregos (para 35% dos eleitores). Veja Também: Lula tem avaliação recorde Veja os principais pontos da reforma tributária   Para 31% dos entrevistados, a reforma tributária fará os brasileiros pagarem menos impostos. Para 32% deles, os brasileiros continuarão a pagar a mesma quantidade de impostos e, para 25% dos eleitores, os contribuintes pagarão mais impostos depois de aprovada a reforma (12% não responderam ou não opinaram). A avaliação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva  atingiu seu melhor desempenho desde a posse, em 2003, segundo a pesquisa. O índice de ótimo e bom do governo foi a 58% dos entrevistados na atual pesquisa.O Ibope entrevistou 2.002 pessoas em 141 municípios do país, entre os dias 19 e 23 de março.   No levantamento anterior, realizado em dezembro, esse percentual era de 51%. Economistas da CNI consideram que esse resultado se deve, basicamente, ao bom desempenho da economia.

Tudo o que sabemos sobre:
Reforma tributáriaCNI/Ibope

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.