40% dos brasileiros têm taxa de colesterol alta

Uma pesquisa apresentada no 57º Congresso da Sociedade Brasileira de Cardiologia, em São Paulo, mostrou que 40% dos brasileiros estão com o nível de colesterol acima do normal. Nos Estados Unidos, essa porcentagem é de 36%. O resultado do estudo, que apurou a taxa de colesterol de 80 mil pessoas em várias cidades paulistas, surpreendeu os cardiologistas. "Sabíamos que o número deveria ser alto, mas não tanto", disse o presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Juarez Ortiz.O limite de normalidade para o colesterol é de 200 em número miligramas por decilitros de sangue. Quem tem nível acima desse valor entra para as estatísticas de indivíduo com colesterol alto - um dos fatores de risco para os enfartes. Para reverter o quadro, só mesmo aderindo a prevenção. "E prevenção não custa nada", afirmou o presidente do congresso, Antônio Carlos Carvalho. "Em compensação, não há como fugir do alto custo para tratar a doença cardiovascular já instalada", disse. A fórmula para evitar problemas com o coração se resume a três medidas - praticas exercícios regularmente, reduzir o consumo de alimentos gordurosos e não fumar. Se a teoria é fácil, o mesmo não acontece na prática. "As pessoas já têm informação sobre hábitos saudáveis de vida. Agora, precisam compreender a importância da prevenção para quando elas estiverem 20 anos mais velha", explicou Carvalho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.