35 mil litros de diesel vazam na Baía da Guanabara

Pelo menos 35 mil litros de óleo diesel vazaram do tanque de um navio rebocador que afundou ontem à tarde, na Baía de Guanabara, após acidente envolvendo outra embarcação. Bóias foram colocadas para evitar que a mancha de óleo chegue às praias de Niterói e do Rio. A Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema) ainda não definiu o valor da multa que será aplicada à empresa Saveiro, responsável pelo rebocador. De acordo com a Feema, correntes marítimas e ventos podem espalhar o óleo, mas o impacto ambiental não deve ser grande. O plano de controle de acidentes na Baía foi acionado para conter o avanço do óleo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.