300 sem-terra invadem fazenda no interior paulista

Trezentos sem-terra ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais sem-terra (MST) não esperaram a decisão dos líderes do movimento na noite de quarta-feira e decidiram, por conta própria, invadir hoje a fazenda Itapura, em Castilho (SP), na divisa de São Paulo com Mato Grosso do Sul. Os sem-terra decidiram invadir a propriedade quando participavam de uma assembléia organizada por líderes do MST. Eles estão revoltados com a demora da Justiça em desapropriar a fazenda, de 2.133 hectares, decretada improdutiva pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em 04 de dezembro de 2002. Segundo o MST, o decreto presidencial tem validade de dois anos.O administrador da fazenda, José Vieira Pinto, que registrou a ocorrência na polícia, disse que os sem-terra entraram pela porteira principal, em carros particulares, e montaram os barracos nos arredores da sede da fazenda, que fica a 25 quilômetros de distância do centro de Castilho.Segundo ele, a fazenda é produtiva e a principal atividade é engorda de gado nelore para abate.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.