23 presos por extrair madeira ilegalmente

A Polícia Federal prendeu ontem na Lapa, a 70 Km de Curitiba, 23 pessoas acusadas de extrair madeira ilegalmente do Assentamento Contestado. Propriedade do Incra, o local abriga integrantes do Movimento dos Sem-Terra, que fizeram a denúncia sobre o desmatamento ilegal. Entre os presos estão donos de uma madeireira, que seria a receptadora, trabalhadores que faziam o corte, operadores de máquinas e caminhoneiros. No local, a polícia encontrou grande quantidade de madeira já cortada, mas a quantidade não foi especificada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.