18 senadores do PMDB votam mínimo de R$ 260, diz Renan

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), afirmou que seu partido está pronto para votar em plenário a medida provisória (MP) que fixou em R$ 260,00 o valor do salário mínimo. Renandisse contar com 18 dos 22 senadores peemedebistas, mas admitiu que há "três ou quatro problemas". Ele estava se referindo aofato de os senadores Pedro Simon (RS), Mão Santa (PI) e Sérgio Cabral (RJ) terem decidido votar pela aprovação de um saláriomínimo de R$ 275,00. O outro dissidente é o senador Papaléo Paes (AP), que já fez declaração pública de voto em plenário contraa MP. O governo está negociando com ele para tentar reverter seu voto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.