1º de Maio terá só reivindicações de trabalhadores, diz CUT

O presidente da CUT João Felício afirmou hoje que as comemorações da Central Sindical devem deixar de lado a questão da crise política para se concentrar principalmente nas reivindicações tradicionais dos trabalhadores. Felício esteve reunido na manhã de hoje com a executiva nacional do PT, e em seguida se dirigiu para a Avenida Paulista.A festa será realizada na próxima segunda-feira. Ele insistiu que os principais temas da comemoração serão emprego, salários e direitos das categorias. "Nós vamos falar é de democracia", disse o dirigente sindical. Felício retornará ao centro da capital na tarde de hoje para participar do encontro nacional do PT. O presidente da CUT se disse animado com a vinda do presidente Lula, aguardada para hoje. "Aqui nós teremos uma grande festa", disse. Desde o início da manhã de hoje o movimento é grande na sede do diretório nacional do PT e na quadra do Sindicato dos Bancários, onde acontece o encontro petista.Delegados do partido que representam grupos de filiados, estão realizando credenciamento para o evento desde às 8 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.