Viúva de Campos grava depoimento para campanha de Marina

Renata Campos afirma que ex-ministra 'tem um pouco de Eduardo' e que é hora do Brasil 'dar um passo à frente'

Isadora Peron e Gustavo Zucchi, O Estado de S. Paulo

25 de setembro de 2014 | 23h23

Renata Campos, viúva do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, gravou um depoimento para a candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva. O vídeo deverá ser usado pela campanha do PSB no horário eleitoral da ex-ministra do Meio Ambiente.

Renata, que apoiou a indicação de Marina como sucessora de seu marido na candidatura presidencial após o acidente aéreo que o vitimou em agosto, gravou um depoimento de 1min36 em que associa a ex-ministra a Campos e garante que ela “será uma grande e bela experiência para o Brasil”.

“Eduardo pegou um pouco de Marina e Marina pegou um pouco de Eduardo. Acho que eles se complementavam e se entendiam muito bem”, diz Renata na gravação. A campanha divulgou o vídeo nas redes sociais e as imagens devem ser usadas também no horário eleitoral da TV. “O Brasil avançou até aqui, mas acho que precisamos dar um salto. Faz parte da vida mexer, sacudir, para continuar avançando”, afirma ela.

A participação de Renata no programa de Marina dividiu a opinião da equipe de campanha. Apesar de ser a viúva de Campos, integrantes argumentaram que ela não teria peso nacional nem o mesmo apelo que tem em Pernambuco. Em agosto, pouco depois da morte do ex-governador, Renata chegou a ser cogitada como vice na chapa do PSB antes de Beto Albuquerque ser oficializado na vaga.

“Com a história de vida dela, com a experiência que ela (Marina) tem, tenho certeza que ela vai fazer o Brasil avançar nas conquistas sociais”, diz Renata no vídeo. “Eu me sinto representada, assim como Eduardo se sentia representado, e tenho certeza que minha família se sente representada com Marina Silva presidente”, complementa a viúva de Campos.

Emoção. Renata já gravou uma participação no programa do candidato ao governo de Pernambuco Paulo Câmara (PSB). Ao contrário do depoimento prestado para o horário eleitoral da presidenciável, no discurso para a disputa estadual a viúva se emocionou ao falar da trajetória do marido com o aliado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.