Visita de Dilma à universidade em SBC é marcada por briga

Estudantes e militantes do PT entraram em confronto; ministra-chefe foi apoiar candidatura de Luiz Marinho

Joaquim Alessi, especial para O Estado de S.Paulo,

03 de setembro de 2008 | 00h59

A visita da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à Universidade Metodista, em São Bernardo, para apoiar a candidatura do ex-ministro da Previdência Luiz Marinho à Prefeitura de São Bernardo foi marcada por confusão entre estudantes e militantes do PT. Veja tambémJá expliquei que não sou candidata à Presidência, diz Dilma Quando o senador Aloizio Mercadante (PT-SP) falou em discurso que nunca foi tão fácil fazer campanha, um grupo de alunos entrou no auditório onde cerca de 500 petistas estavam reunidos, protestando. Um deles gritou: "Mercadante, você é ladrão". Imediatamente foi agarrado pelo pescoço por um homem apontado como segurança e arrastado pelas escadas. Outros estudantes também disseram ter sido agredidos pelos petistas. Um dos estudantes tirados do auditório foi Glauber Leite, 20 anos, aluno de Filosofia. Ele foi acusado pelos organizadores de estar a serviço dos adversários de Marinho. Leite negou trabalhar para qualquer candidato. Dilma disse considerar normais episódios como esse dentro de um clima de campanha. Marinho lamentou o ocorrido e disse esperar que a disputa eleitoral não se transforme em um jogo de "baixarias". Encerrada a confusão, Dilma proferiu palestra, onde voltou a ressaltar a conquista da descoberta do petróleo na camada pré-sal e destacou a importância de São Bernardo ter como prefeito Luiz Marinho. "Temos muitos projetos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) a desenvolver em São Bernardo, mas cada investimento depende de um projeto", disse a ministra, dando a entender que hoje não há parceria entre a cidade e o governo federal. William Dib (PSB) é o prefeito do município. Questionada se o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por ser de São Bernardo, já havia reclamado da falta de entrosamento, ela disse que o assunto nunca foi comentado. A presença de Dilma marcou o lançamento do programa de governo de Marinho. A última pesquisa eleitoral sobre as intenções de voto em São Bernardo, realizada pelo Ibope e publicada domingo pelo jornal Diário do Grande ABC, mostra o candidato do PSDB, deputado estadual Orlando Morando, com 27%, seguido por Luiz Marinho (PT) com 26%, em rigoroso empate técnico. Em terceiro lugar aparece o candidato do PPS, deputado estadual Alex Manente, com 13%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.