Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

‘Vice é coisa do Vasco’, brinca presidente do Flamengo, que foi cotado a vice de Marina

Dirigente do clube carioca vai concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados pela Rede nas eleições 2018

Marianna Holanda e Mariana Haubert, O Estado de S.Paulo

04 Agosto 2018 | 10h10

Cotado para vice na chapa de Marina Silva caso a pré-candidata da Rede Sustentabilidade à Presidência da República não conseguisse alianças, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello vai concorrer a uma vaga de deputado federal nas eleições 2018. Na quinta, 2, a Rede fechou com o PV e o médico sanitarista Eduardo Jorge será o vice de Marina. A convenção nacional do partido acontece neste sábado, 4. 

Questionado se não preferia estar saindo como candidato a vice, Bandeira brincou: “Vice é coisa do Vasco”. “O Flamengo me tornou mais conhecido, claro que ajuda e acho que de certa forma pode ajudar a Marina também”, disse Bandeira, também tratado como “presidente” pelos flamenguistas no evento da Rede. 

Bandeira continuará na presidência do clube carioca até o fim do ano, quando acaba seu mandato. Ele está à frente do Flamengo há seis anos. Ele defendeu que “renovação na política e no futebol é bom”. Bandeira deixará a convenção na manhã deste sábado para viajar para Porto Alegre, onde o time joga contra o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.