Vice de Cabral sai em defesa da Delta e de Cavendish

O vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), disse ontem em Brasília que os contratos com a Delta "obedeceram a todos os editais" e que ela "é uma empresa agressiva, por isso tem mais contratos". No Rio, a Casa Civil anunciou auditoria nos contratos da empresa, embora não saiba informar quantos são.

O Estado de S.Paulo

20 de abril de 2012 | 03h07

Pezão também defendeu o empresário Fernando Cavendish, dono da Delta e amigo do governador Sérgio Cabral (PMDB). Em entrevista publicada ontem pelo jornal Folha de S. Paulo, Cavendish disse que pode ir à falência por ter seu nome e o de sua empresa citados no caso Carlinhos Cachoeira. "Vou quebrar", afirmou. O empresário disse que só teve um encontro casual com Cachoeira. / EDUARDO BRESCIANi e WILSON TOSTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.