Vereadores são presos por propina

O presidente e o vice-presidente da Câmara de Vereadores de Anápolis (GO) foram detidos ontem por supostos recebimentos de propinas em troca da aprovação de uma lei que liberou a expansão imobiliária da cidade. Foram presos o presidente da Câmara, Amilton Batista de Faria (PTB), o vice Wesley Cleyton da Silva (PMDB), a mulher do peemedebista, Andréia Lima, e o chefe do seu gabinete, Naasson Costa. Eles são acusados de corrupção ativa, peculato e crimes ambientais. Wesley Silva já havia sido preso em abril, acusado de envolvimento com a máfia dos caça-níqueis liderada por Cachoeira. / RUBENS SANTOS, ESPECIAL PARA O ESTADO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.